Família uma lição objetiva de Deus

Família: ideia de Deus!

O lar centrado em Cristo representa um potencial ilimitado para estudar a Bíblia, aprender Teologia por meio de lições objetivas estabelecidas na estrutura do lar e para “falar de Deus” ao mundo mediante o testemunho de vida e a interação entre os membros da família. É essencial que os filhos vejam nos pais a vivencia de princípios que conduzem ao processo de santificação (Dt. 6.7-9).

O plano de Deus para o casamento pode ser visto em Gênesis (Gn 2.24). Em Êxodo, cada mandato do Decálogo faz referência ao comportamento dentro do círculo familiar. Em Levítico, a lei inclui a pena de morte para quem prostitui o lar. Em Números, o censo do povo é feito pelas unidades familiares (Nm 4.1-2). Deuteronômio enfatiza a instrução paterna (Dt 6.1-12). Josué descreve o patriarca piedoso que levou a família a seguir o Deus Javé (Js. 24.15), ao passo que Juízes relata a luxúria egoísta e desenfreada de Sansão. Rute registra uma linda história de amor romântico e um casamento piedoso (Rt 1.16-17).

Nos livros de Samuel, Reis e Crônicas, a história de Israel mostra a influência do lar sobre os reis. A maldade de Acabe foi expandida e ampliada por sua esposa, Jezabel (I Rs 21.5-16), ao passo que a grandeza de Samuel e sua pouco comum sensibilidade para com Deus sem dúvida se devia, em parte, à influência da piedosa Ana (I Sm 1.27-28). Em Esdras, Neemias e Ester, a semente santa foi preservada por meio da unidade familiar (Et 2.20; 4.14). Jó revela o ataque de Satanás ao lar por intermédio da morte, da enfermidade, da pobreza e de disputas internas (Jó 1.13-21; 2.7-10). Os Salmos contém promessas para o lar (Sl 127); Provérbios e Eclesiastes estão cheios de máximas sobre a família e sobre relacionamentos interpessoais (Pv 14.1; 22.6; Ec 4.9-12). Cânticos é um relato explícito do amor santo e exclusivo entre um homem e uma mulher (Ct 4.1-7).

Os livros proféticos aludem à violação aberta dos princípios piedosos dentro das famílias (Is 3.12-26; Jr 31.29-30; Lm 4.10; Ez 16.44-45; Os 4.1-5; Jl 2.28-29; Mq 7.5-6; Ml 2.14-16).

No Novo testamento, os evangelhos sinóticos apresentam os ensinos de Jesus relativos à família (Mt 19.3-9), e João registra seu primeiro milagre no casamento em Cana (Jo 2.1-11). Atos menciona o lar e a sinagoga como locais de adoração (At 2.46; 12.12).

Também as Epístolas estão cheias de ensinamentos relativos à família (I Co 11.1-16; Ef 5.21 – 6.4; Cl 3.18-21; I Ts 4.1-7; I Tm 3.1-12; Tt 2.1-5; Hb 12.5-11; I Pe 3.1-7). Até mesmo o Apocalipse traz sua mensagem para o lar (Ap 3.20).

Deus ordena aos maridos que amem sua esposa como Cristo amou a igreja, assumindo a liderança e a responsabilidade. As esposas foram criadas para serem ajudadoras dos respectivos maridos (Gn 2.18), para suprimentá-los, não para suplanta-los; para complementa-los, não para comandá-los. Maridos e esposas que se tornam pais são admoestados a levar a sério sua responsabilidade de ensinar a Palavra de Deus aos filhos em todas as
oportunidades (Dt 6.4-9, 20-25; Js 4.6-7). Avós, tios e primos são incluídos no círculo familiar mais amplo. O mesmo compromisso amoroso desfrutado por maridos e esposas é projetado às gerações (veja Rt 1.16-17).

O lar deve transmitir um exemplo vivo e eficaz de verdadeiro cristianismo. As crianças devem ser ensinadas a falar com Deus sobre tudo, desde as decisões mais importantes até as mais simples. É preciso que a fé se torne parte da vida diária. Uma maneira eficiente de se conseguir isso é dispor de tempo para oração em família e leitura da Bíblia regularmente. Uma herança espiritual ergue uma muralha de segurança e de proteção ao redor do lar.

Poucas famílias passam algum tempo orando e lendo a Bíblia. Como é inestimável a experiência de ter os pais compartilhando verdades espirituais da Palavra de Deus e ouvir a mãe ou o pai pedirem a bênção e a proteção de Deus sobre cada membro da família!

Arrumar tempo, descobrir a melhor fórmula e ser paciente e persistente são os desafios comuns associados ao culto familiar. Lute para ser persistente. Seus filhos desenvolverão amor pelas Escrituras e uma confiança habitual no poder da oração.

Toda herança familiar de fidelidade deve começar com alguém. Talvez em sua família o início será com você.

(extraído de “A Bíblia da Mulher”, SBB, 2007, págs. 768 e 734).

Link: http://estudos.gospelprime.com.br/familia-uma-licao-objetiva-de-deus/

Fonte: IPISA

Anúncios

Sobre paulohenriquesousa

Em busca da semelhança ao Varão Perfeito!
Esse post foi publicado em Estudo da Palavra, Família: ideia de Deus e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s